Loja 1: (14) 97400-9348

Loja 2: (14) 97400-2340

Seg a Sex: 7:30h - 18h | Sab: 8h - 12h

Qual o melhor porcelanato: Polido ou esmaltado?

capa-4
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Já faz algum tempo que o porcelanato se tornou um queridinho entre os revestimentos disponíveis, tanto por sua versatilidade quanto pelo seu preço e durabilidade.

Tendo uma ampla gama de texturas, tamanhos e estilos, esse é um piso que consegue se adaptar facilmente a áreas internas e externas, possuindo alguns modelos que podem até mesmo serem colocados em espaços públicos.

Mas, não são todas as versões de porcelanato que podem ser utilizadas em um ambiente, e saber as diferenças fundamentais entre elas irá impedir que cometa erros na hora da compra.

O que é porcelanato polido?

O porcelanato polido é, assim como o acetinado, proveniente do porcelanato técnico, uma versão ‘natural’ desse tipo de piso.

Nele as peças são feitas a partir de uma massa única, sem que recebam o acréscimo de esmaltes ou cores na superfície.

costuma ser liso e extremamente brilhante

A sua versão polida recebe apenas um polimento, que acaba servindo como uma camada protetora para o piso, e que resulta em um brilho intenso e natural as peças.

O porcelanato polido costuma ser liso e extremamente brilhante, conseguindo até mesmo refletir o entorno.

O que é porcelanato esmaltado?

A diferença entre o porcelanato polido e esmaltado começa em sua fabricação, já que ao invés do polimento a segunda versão recebe uma camada de esmalte.

Esse componente é o responsável por permitir que esse piso possua tantas versões de estampas, desenhos e formas, já que elas serão postas sobre o esmalte.

Além disso, é esse ingrediente que torna o porcelanato esmaltado mais resistente à sujeira e manchas, ao contrário do polido, que é suscetível a manchar facilmente.

a segunda versão recebe uma camada de esmalte

No caso da sua versão com polimento o porcelanato possui um padrão único de resistência, já no segundo caso ele é classificado por uma tabela chamada PEI, que mede a resistência das peças.

Essa tabela é numerada de 0 a 5, sendo que quanto mais baixo maior será a fragilidade da peça, e quanto mais alto mais ele será resistente.

Tanto que, aqueles classificados como zero costumam ser ideais apenas para as paredes, onde os atritos são menores. Já os classificados como cinco podem até mesmo serem postos em locais públicos e com tráfego intenso.

Qual é melhor?

Definir qual tipo de porcelanato é melhor é na verdade definir qual será seu objetivo ao colocá-lo em um ambiente.

O polido é recomendado para áreas internas, em especial cômodos como sala, sala de jantar e quartos, principalmente nos casos em que o morador busca por uma decoração que amplie os ambientes e traga a sensação de sofisticação.

Seu brilho dá beleza ao lugar, mas também faz com que seja escorregadio, e por isso pouco recomendado para banheiros. Já seu polimento tem pouca proteção a sujeira, manchas e produtos de limpeza, por isso o torna inviável para cozinhas.

também se torna resistente a manchas e sujeiras

Já o esmaltado possui diversos modelos com cores, estampas e desenhos, o que o torna mais fácil de inserir em uma decoração específica, além de conseguir imitar bem texturas como o do mármore, madeira, cimento queimado, ladrilho hidráulico e até pedras naturais.

Quanto mais alta for a classificação PEI do porcelanato esmaltado maior será a segurança em o colocar em áreas externas, já que é seguro, resistente e durável nesses ambientes.

E graças a sua camada de esmalte ele também se torna resistente a manchas e sujeiras, o que faz com que seja uma boa escolha para a cozinha, e até para o banheiro, já que não é escorregadio.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram